Virginia Fonseca e Zé Felipe agradecem prêmios do MTV Miaw 

Fique por dentro:

Jô Soares, nasceu no dia 16 de janeiro de 1938 no Rio de Janeiro 

Fotos: Reprodução/Divulgação internet

Jô Soares foi um ícone da televisão brasileira. Foi escritor, diretor,  ator, apresentador e humorista.  

Fotos: Reprodução/Divulgação internet

Fotos: Reprodução/Divulgação internet

1956 — Estreia na televisão no elenco da Praça da Alegria, na época na Record, onde ficou por 10 anos. 1965 — Protagoniza a única novela de sua carreira, “Ceará contra 007”, que foi a maior audiência naquele ano no Brasil 

Fotos: Reprodução/Divulgação internet

1967 — Em “Família Trapo”, interpretou Gordon um mordomo muito atrapalhado. Foi o seu último trabalho na Record. 1971 — Estreou na TV Globo com “Faça Humor, Não Faça Guerra”, o primeiro humorístico da Globo com participação do comediante. 

Fotos: Reprodução/Divulgação internet

1973 — “Satiricom”, satirizava o filme “Satyricon” de Federico Fellini, dito como a “sátira da comunicação”. 1976 — “Planeta dos Homens” satirizava “O Planeta dos Macacos”,  com roteiros de Haroldo Barbosa.

Fotos: Reprodução/Divulgação internet

1981 — Estreia seu primeiro programa solo, “Viva o Gordo”, que deu origem ao espetáculo “Viva o Gordo, Abaixo o Regime” 1982 — Participação no “Chico Anysio Show”.

Fotos: Reprodução/Divulgação internet

1983 – Participou do musical infantil “Plunct, Plact, Zuuum” e comentarista no Jornal da Globo até 1987. 1988 — Estreia “Veja o Gordo” no SBT com o mesmo formato do “Viva o Gordo” da Rede Globo. Logo depois estreia o talk show “Jô Soares Onze e Meia” (1988–1999).

Fotos: Reprodução/Divulgação internet

2000 — De volta à Rede Globo, o Programa do Jô ficou no ar até 2016. Fez participação no especial de Natal do programa “Sai de Baixo” 2018 — Foi comentarista do programa Debate Final, no Fox Sports, debatendo assuntos da Copa do Mundo FIFA de 2018.

Créditos do conteúdo

Fotos: Divulgação Reprodução Internet

Edição: Jaina Silva

Fonte: Caras