Entenda as polêmicas por trás da compra do Twitter

Fique por dentro:

Depois de semanas de especulação, o acordo de compra do Twitter pelo bilionário sul-africano Elon Musk foi oficializado ontem (25) num valor que deve girar em torno de US$ 44 bilhões (cerca de R$ 214 bilhões).

Polêmicas do Twitter

Com a aquisição, a companhia deixará de ter ações negociadas na bolsa, e se tornará de capital fechado.

Polêmicas do Twitter

O empresário, fundador da Tesla (empresa de carros elétricos) e da SpaceX (de exploração espacial), pode estar satisfeito com a aquisição, mas continua no meio de polêmicas.

Polêmicas do Twitter

A hashtag "RIPTwitter" (descanse em paz, Twitter) virou parte dos tópicos mais comentados da plataforma ontem. Internautas já ameaçam abandonar a rede social.

Polêmicas do Twitter

"Liberdade de expressão é a base do funcionamento da democracia, e o Twitter é a praça de discussão digital, onde são debatidos os assuntos vitais para o futuro da humanidade", disse Musk em comunicado após o anúncio oficial da compra.

Polêmicas do Twitter

"Tuiteiro" muito ativo desde 2009, Musk é o oitavo maior perfil da rede social. Ele tinha 81 milhões de seguidores até a semana passada. Agora, soma 83,8 milhões.

Polêmicas do Twitter

Nos últimos meses, ele vinha questionando mais intensamente a falta de liberdade de expressão e a moderação de conteúdo no Twitter (como bloqueio de usuários e exclusão de comentários que violem os termos de uso).

Polêmicas do Twitter

Musk é um dos maiores críticos ao banimento permanente do ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump da plataforma — ele foi suspenso do Twitter acusado de incitar a violência durante a invasão ao Capitólio, Congresso dos EUA.

Polêmicas do Twitter

Os motivos que podem Negar seu empréstimo no Caixa Tem

Cartão Nubank Ultravioleta Conheça todas as vantagens

Os tipos de mães  de acordo com os signos