Ferrari Daytona SP3 – A última da linha Icona

A Ferrari Daytona SP3 é o terceiro e último modelo da linha Icona que já tem a Monza SP1 e SP2

O modelo relembra os designs clássicos da marca, porém com um toque mais atual.

A Daytona estreou no circuito de Mugello, durante a Ferrari Mondiali 2021.

Além de ser um projeto exclusivo, a Daytona é o modelo mais eficiente e aerodinâmico que já foi construído pela Ferrari.

Para o chassi e carroceria, a Ferrari utilizou materiais como fibra de carbono e Kevlar

A Ferrari em parceira com a Pirelli desenvolveu um pneu exclusivo para a SP3, um pneu otimizado para um bom desempenho em pisos molhados e secos.

O modelo da Ferrari é a primeira V12 a receber o Dynamic Enhancer da empresa

o que faz com que tenha uma condução no limite mais manejável e com mais controle.

O Design do exterior ficou muito exótico, com um para-brisa que quase se torna parte da carroceria.

O mesmo teve grande influência no interior

com bancos integrados ao chassi e pedaleiras ajustáveis

Com as mãos apenas no volante, o motorista consegue controlar 80% das funções do carro, graças a interface Homem máquina da Ferrari.

As lanternas contam com barras horizontais abaixo do spoiler.

A SP3 tem ponteiras duplas de escapamento centralizadas em sua traseira e montadas no alto do difusor, o que torna a traseira da Daytona bem agressiva e marcante.

a admissão do motor, agora passa a ter um coletor do tipo Plenum e mais compacto.

O motor entrega uma boa potência e ainda produz 30% menos emissões e formações de partículas do que a Ferrari 812 Competizione.

O motor da Daytona é um V12 6.5 renovado compartilhado da 812 Competizione.

A Montadora não divulgou o preço ou quão exclusiva será a produção da SP3. Há possibilidade de quase todas já terem proprietários, a Ferrari também ainda não divulgou a data de início das entregas.