Fique por dentro:

Filipe Ret reclama de interrupção de evento por conta da polícia

Filipe Ret era um dos nomes que fazia parte do evento “É o Trap, É o Funk”, que aconteceu em Cuiabá, no Mato Grosso, no último final de semana.

Filipe Ret

No entanto, em dado momento, a polícia apareceu no local interrompendo os shows e atrasando o evento.

Filipe Ret

O rapper não curtiu nada a ação da polícia e reclamou que dois artistas, conhecidos dele, não puderam realizar o show diante da interrupção.

Filipe Ret

“Atrasou todo o evento, esvaziou o local, infelizmente PJ Huodini e Caio Luccas, dois artistas da Nada Mal, não puderam se fazer o show.

Filipe Ret

Não aconteceu nada, os caras não encontraram nada, só foram para atrasar o evento.

Filipe Ret

Dois moleques super honestos perderam os shows deles, por conta dessa mentalidade”, disse Ret nas redes sociais.

Filipe Ret

A polícia local informou que a ação fazia parte da Operação Sonora, , que tinha o objetivo de fiscalizar de poluição sonora de questões extremas de perturbação de sossego público nos municípios de Cuiabá e Várzea Grande. 

Filipe Ret