A F1 volta ao Brasil com  novo nome, nova transmissão em TV aberta e rigoroso protocolo contra a Covid-19.

O autódromo de Interlagos recebe nesse final de semana a principal categoria do automobilismo mundial

Após o término do contrato  do GP do Brasil com a FIA  em 2020, a prova poderia continuar sendo disputada  em Interlagos ou em um  novo autódromo no  Rio de Janeiro.

Por falta de licenças ambientais, o Rio de Janeiro não conseguiu construir  um novo autódromo a tempo de disputar o direito de receber a temporada 2021.

O contrato foi renovado com  a cidade de São Paulo até o final de temporada de 2025.  A negociação envolveu a  troca do nome para Grande Prêmio de São Paulo de F1.

Após a renovação, Interlagos recebeu R$ 10 milhões em melhorias não só na pista, mas em partes importantes da infra-estrutura  do autódromo

Agora está tudo pronto para receber a 19ª etapa da temporada 2021, que será palco de mais uma guerra entre o líder Max Verstappen  e Lewis Hamilton

A prova terá rigoroso protocolo sanitário para  evitar a Covid-19: - Uso obrigatório de máscara; - Comprovação para 2 doses da vacina para todos  acima de 12 anos; - Cadastro obrigatório no  app Chronos i-Passport - Teste PCR de até 48h  antes da prova para não vacinados com as 2 doses.

A organização espera por  170 mil pessoas durante  o final de semana

O retorno será de  R$ 700 milhões em comércio  e serviços e mais  R$ 1,6 bilhão em imagem

De acordo com o Climatempo, a temperatura será amena, ficando entre os 13 e os 19 graus ao longo do evento. Como já é tradição, há chance de chuvas esparsas no final de semana.

Confira a transmissão  do Gp de São Paulo  de Formula 1

6ª feira / 12:30 Treino Livre 1 Bandsports

6ª feira / 16:00 Treino Classificatório Bandsports

Sábado / 12:00 Treino Livre 2 Bandsports

Sábado / 16:30 Corrida Sprint Band e Bandsports

Domingo / 14:00 Corrida Oficial Band