A nova motorização é chamada de eHybrid, formada pelo motor 1.4 TSI de 150 cv e um elétrico de 85 Kw, que combinados geram 218 cv de potência.

As tradicionais portas corrediças continuam lá e a pintura estilo “saia e blusa” é uma clara homenagem à primeira geração de 1950.

São E4.053lt disponíveis no bagageiro com seus bancos rebatidos, reflexo da plataforma compartilhada com Taos, Jetta e Tiguan AllSpace.

Internamente, o estilo é minimalista, trazendo luz ambiente, painel de instrumentos digital de 10,25 polegadas, central multimídia de 10”, head-up display

Sistema modular de bancos com a segunda fileira podendo girar  180 graus. A mesa entre os dois bancos também é modular e pode deslizar para trás ou para frente.