Tudo começou com a ideia de misturar a carroceria do Ford Mustang 1969 a um motor V8 de 4,3 litros e 483cv de potência de Ferrari F430.

Como se não bastasse, o motor tem uma configuração bi-turbo dos motores Nelson Racing. O coletor de admissão veio de uma Ferrari Califórnia

A transmissão é uma Tremec T56 de seis velocidades com trocas sequencias e suspensão a ar RideTech Shockwave

"Não podia ser um motor Coyote ou qualquer coisa comum. Eu queria um motor que atingisse nove mil no tacômetro e realmente gritasse” disse Tony Armes, o dono do carro