O brasileiro não para. Cachorro Caramelo vira NFT

Depois de viralizar como um símbolo típico do Brasil e até estrelar campanhas do Banco Central sobre a nota de  R$ 200, o cachorro caramelo agora é também um investimento 

Cachorro Caramelo  vira NFT

Dois brasileiros criaram o Cachorro Caramelo NFT: ou seja, artes digitais do típico vira-lata que podem ser negociadas e gerar lucros conforme seus preços se valorizam 

Cachorro Caramelo  vira NFT

É o que acontece com os desenhos colecionáveis adquiridos por milhões de dólares e que ganharam a atenção de celebridades como Neymar, Mick Jagger, Serena Williams e Justin Bieber. 

Cachorro Caramelo  vira NFT

Mas afianl, como funciona a dinâmica desse mercado de artes digitais?  Qualquer um pode comprar NFTs? 

Cachorro Caramelo  vira NFT

Um carro bastante famoso no mundo do automobilismo foi colocado à venda pelo seu ilustre proprietário. 

Cachorro Caramelo  vira NFT

Presente dentro do cenário de criptomoedas e blockchain, os tokens não-fungíveis (non-fungible token) funcionam como um certificado digital que determina a originalidade e a exclusividade de bens digitais, como imagens, áudios, GIFs e afins. 

Cachorro Caramelo  vira NFT

Nesse sentido, é possível pôr à venda qualquer item digital e ganhar criptomoedas com a aquisição desse item por terceiros. O mais utilizado para isso é o blockchain do Ethereum e as compras são realizadas com a moeda nativa da rede, a ETH. 

Cachorro Caramelo  vira NFT

Carro elétrico O lado ruim que ninguém te conta

Cartão Nubank Ultravioleta Conheça todas as vantagens

Acompanhe seu horóscopo todos os dias