Os salários astronômicos da F1 2021

Os valores envolvidos na categoria mais disputada do automobilismo são astronômicos

Porém, chama a atenção a queda dos valores em comparação a temporada anterior.

Lewis Hamilton, por exemplo, ganhou R$ 53 milhões a menos em 2021. Vamos a lista: 

20º - Yuki Tsunoda Alpha Tauri - Honda R$ 2.7 milhões 

19º - Nicholas Latifi Williams - Mercedes R$ 5.5 milhões  

18º Nikita Mazepin Hass - Ferrari R$ 5.5 milhões  

17º - Mick Schumacher Hass - Ferrari R$ 5.5 milhões  

16º - Antonio Giovinazzi Alfa Romeo - Ferrari R$ 5.5 milhões  

15º - George Russell Williams - Mercedes R$ 5.5 milhões 

14º - Esteban Ocon Alpine - Renault R$ 26.2 milhões  

13º - Lando Norri McLaren - Mercedes R$ 27.8 milhões  

12º - Pierre Gasly Alpha Tauri - Honda R$ 27.8 milhões 

11º - Sergio Pérez RBR - Honda R$ 44.5 milhões  

10º - Lance Stroll Aston Martin - Mercedes R$ 55.7 milhões  

9º - Carlos Sainz Ferrari R$ 55.7 milhões 

8º - Kimi Räikkönen Alfa Romeo - Ferrari R$ 55.7 milhões 

7º - Valtteri Botta Mercedes R$ 55.7 milhões 

6º - Charles Leclerc Ferrari R$ 66.8 milhões 

5º - Daniel Ricciardo McLaren - Mercedes R$ 83.5 milhões 

4º - Sebastian Vettel Aston Martin - Mercedes R$ 83.5 milhões 

3º - Fernando Alonso Alpine - Renault R$ 114.4 milhões 

2º - Max Verstappen RBR - Honda R$ 139 milhões 

1º - Lewis Hamilton Mercedes R$ 165.6 milhões