Quanto custa consertar um carro elétrico? Entenda as diferenças!

Fique por dentro:

A dúvida e insegurança sobre o quanto custa consertar um carro elétrico ainda assombra alguns candidatos prestes a entrar na era da zero emissão de poluentes.  

Fotos: Reprodução/Divulgação internet

Teoricamente, essa manutenção obrigatoriamente deve ser mais barata 

Fotos: Reprodução/Divulgação internet

Os carros elétricos tem bem menos partes móveis em virtude da falta de motor a combustão, o que obviamente também diminui o uso de fluidos. 

Fotos: Reprodução/Divulgação internet

Mas um estudo da CCC Information Services nos Estados Unidos revelou algo bem diferente 

Fotos: Reprodução/Divulgação internet

1 – Estrutura da oficina:  Com um nicho novo e crescendo a cada ano, as oficinas ainda precisam investir em mais equipamentos e mão-de-obra especializados para esse tipo de manutenção, o que naturalmente encarece o serviço realizado. 

Fotos: Reprodução/Divulgação internet

2 – Quantidade de  sensores eletrônicos:  os carros elétricos usam e abusam de sensores eletrônicos. A maioria deles está posicionada na parte frontal do carro, exatamente onde os impactos normalmente ocorrem o que impacta diretamente no custo de reparo do veículo. 

Fotos: Reprodução/Divulgação internet

3 – Baterias:  Na maioria das vezes o conjunto deve ser totalmente retirado do carro para que ele seja reparado ou pintado, o que aumenta o custo final do serviço. 

Fotos: Reprodução/Divulgação internet

Créditos do conteúdo

Fotos: Divulgação Reprodução Internet

Edição: Fabiano Souza