Carros

Novo seguro automotivo é mais barato – Saiba o que mudou

NOVO MODELO DE SEGURO AUTO
NOVO MODELO DE SEGURO AUTO

Com regras bem diferentes, novo modelo de seguro automotivo permite profunda personalização da apólice

As novas regras para a contratação de seguro automotivo já estão em vigor e a boa notícia é que o serviço de proteção está bem mais em conta. As novas diretrizes estão na circular 639 da Superintendência de Seguros Privados (Susep). O objetivo da mudança é essencialmente simplificar o processo e principalmente diminuir o custo das apólices de seguro automotivo de acordo com oos serviços escolhidos pelo cliente.

Isso significa que o cliente pode customizar a sua apólice de acordo com as suas necessidades, e leva o foco para os estimados 49 milhões de veículos rodando no Brasil sem nenhum tipo de cobertura. Isso representa 67% da frota com até 10 anos de uso.

A maior diferença do novo seguro automotivo está no fato de que é possível cobrir o motorista e não o veículo, fazendo com que qualquer carro nas mãos do segurado esteja coberto. O valor pago está diretamente relacionado ao valor do prêmio, estabelecido pelo próprio cliente.

André Gregori, CEO da Thinkseg, seguradora que oferece o novo formato de seguro automotivo, explica: “É como se fosse uma assinatura mensal de streaming. O motorista contrata o serviço e paga mensalmente um valor que varia conforme os trajetos percorridos. A cada 30 dias uma nova apólice é gerada. Todos os procedimentos, desde a contratação, atendimento, pagamento e cancelamento são feitos online pelo aplicativo, e o cliente pode cancelar o seguro quando quiser, sem multa e com ressarcimento da mensalidade de acordo com o que já foi usado”

Nesse modelo de seguro automotivo, o cliente paga um valor fixo e mais um adicional por quilômetro rodado. Na Thinkseg, por exemplo, a taxa fixa parte dos R$ 25 e varia de acordo com o carro e o comportamento do motorista. “Para desenvolver o valor personalizado para cada cliente usamos muito de inteligência artificial, algoritmos e informações públicas”, diz Gregori.

É imprescindível que o motorista esteja usando seu telefone celular, já que o preço por quilômetro rodado fica na casa dos centavos e é calculado por telemetria, tecnologia disponível no aplicativo da empresa, que capta os deslocamentos do carro.  

André Gregori completa dizendo que “temos crescido de 20% a 35% a cada mês e conseguimos manter 95% dos nossos clientes mensalmente.”

NOVO MODELO DE SEGURO AUTO
NOVO MODELO DE SEGURO AUTO
Clique em PRÓXIMO e veja mais

Deixe uma resposta