O sonho de toda montadora é lançar um carro que tenha excelente aceitação do grande publico e obviamente números expressivos de vendas. Não há receita pronta para alcançar esse objetivo, mas na história do mercado braseiro, há inúmeros exemplos que ficaram mais de 20 anos à venda nas concessionárias. Vamos ao nosso TOP 10 – carros em produção por mais de 20 anos.

Volkswagen Kombi: 56 anos (1957 – 2013)

Inicio da produção da Kombi, em 1957
Inicio da produção da Kombi brasileira, em 1957

Nosso TOP 10 – Carros em produção por mais de 20 anos começa com a Kombi. Em alemão, Kombinationsfahrzeug, quer dizer “veículo combinado” ou “veículo multiuso”. Os esboços iniciais do primeiro mini furgão do mundo são de Ben Pon, num longínquo 1947, no pós 2ª Guerra Mundial. Ele imaginou um veículo de carga se fosse leve e usasse a mecânica do Fusca. O primeiro modelo foi produzido em 1949 na Alemanha e trazia um motor 1.1 de módicos 25cv de potência.

Chegando ao Brasil em 1953, veio importada e chegava desmontada. Em 1956 a fábrica de São Bernardo do Campo foi construída e já em 1957 começava a produção nacional da Kombi.

Algums pontos importantes da história do modelo:

  • 1960 – Ganhou uma versão com 6 portas, hoje extremamente rara.
  • 1963 – Ganhou mais 2 janelas de cada lado
  • 1967 – Motor mais potente, o 1.5 de 44cv de potência, e sistema elétrica de 12v
  • 1967 – Chega a versão picape de cabine simples e a versão Lotação
  • 1970 – Diferencial blocante, tranferindo a força para a roda que estava tocando o solo
  • 1976 – Mistura de design do modelo brasileiro com o europeu, criando um modelo único. Chegam o motor 1.6 de carburação simples, servofreio e suspensão melhorada
  • 1978 – Introdução da carburação dupla e troca das cruzetas e caixas de redução por juntas homocinéticas.
  • 1981 – Versão picape agora tem cabine dupla. Chega o motor 1.6 refrigerado a água
  • 1992 – Recebeu catalizador e para-brisa laminado para se ajustar a legislação
  • 1997 – Portas corrediças e vidros traseiros e laterais maiores. Teto subiu 11 centímetros
  • 1998 – Injeção eletrônica multiponto
  • 1998 – Nasce a icônica versão Carat, chamada de ‘Kombi de Luxo” que durou 2 anos
  • 2006 – Motor 1.4 refrigerado a água, derivado do Fox/Polo

2007 marcou o aniversário de 50 anos da Kombi, e a VW lançou uma versão com apenas 50 unidades. Pintura estilo saia e blusa, branca e vermelha, vidros verdes, para-brisa degrade, desembaçador, bancos com forração diferenciada, lanternas traseiras fume e janelas basculantes. É considerada uma das mais raras verões já lançadas.

A polêmica “última série” da Kombi teria 600 unidades, mas a Volkswagen acabou dobrando a produção. Tinha pintura exclusiva em azul pastel e branco, bancos em vinil azul, cortinas e vários itens exclusivos. O motor 1.4 flex de até 80 cv não tinha alterações.

Kombi Last Edition
Kombi Last Edition

Em 2013, após 56 anos, a Kombi deixa de ser produzida no Brasil. As características internas impossibilitaram a instalação de air bag duplo de forma adequada e com baixo custo. O item passava a ser item obrigatório, assim como os freios ABS.

Siga-nos no Facebook e Instagram para ficar por dentro das novidades do mundo automotivo.

Voltar1 of 8
Use ← → (setas) para navegar

Publicidade

Deixe uma resposta