O Rolls-Royce Boat Tail é o mais novo carro a ostentar a marca de mais caro do mundo, desbancando o Bugatti La Venture Noire de Cristiano Ronaldo. O modelo, que tem a traseira alusiva a um casco de iate, vai bater os 20 milhões de libras (cerca de R$ 150 milhões na cotação atual) e as únicas 3 unidades produzidas, obviamente já foram vendidas.

Rolls Royce Boat Tail
Rolls Royce Boat Tail

O montadora, conhecida pelos modelos exclusivos e de preço proibitivo, abriu um departamento de Coachbuilding, para desenvolver e fabricar carros sob encomenda. Os 3 Rolls-Royce Boat Tail super exclusivos tiveram participação dos seus respectivos donos em todo processo de desenvolvimento do design, criando o que a montadora orgulhosamente cita como “uma colaboração única entre a marca e seus clientes”.

O CEO Torsten Muller-Otvos mencionou: “Os clientes estabeleceram desde o início que queriam criar algo que nunca tinham visto antes. Eles apreciam as características de design da Rolls-Royce e nos incentivaram a ir além das características familiares que vemos hoje, e projetar algo que aponte para o futuro”. E continua: “Ele nasceu de um desejo de comemorar o sucesso e criar um legado duradouro. O Rolls-Royce Boat Tail forja um momento crucial na história de nossa marca e no cenário de luxo contemporâneo.”

Com inspiração marítima, ele é um verdadeiro iate superluxuoso sobre rodas, com seus 5,8 metros, ou 19 pés de comprimento. Proporciona a experiência de um luxuoso piquenique a beira mar a seus donos.  Foi pintado à mão com tom azul escuro no capô, que se estende até o para-choque, separado por um folheado de madeira no “convés de popa”, enquanto o resto da carroceria usa um azul bebê mais claro. As rodas também receberam 2 tons distintos.

O teto de tecido que se conecta ao deck traseiro não é conversível mecanicamente, mas pode ser retirado manualmente. Falando em deck traseiro, ele é um show à parte e sob ele está a “suíte de hospedagem”. A cobertura se abre em 2 partes, exibindo uma geladeira dupla para champanhe, vinho, caviar ou qualquer outra preferência do nobre dono. Do outro lado se encontram os talheres de prata com emblemas gravados “Boat Tail”, junto com pratos de porcelana e aros de platina. Complementando os acessórios que estão alojados no deck, estão  2 charmosos bancos de fibra de carbono e pano, 2 mesas de coquetéis e um guarda-sol.

Internamente, bancos e volante usam couro em 2 tons distintos que combinam com o exterior, além do folheado de madeira laqueada no painel, idêntico ao deck traseiro.  O painel de instrumentos tem uma característica muito exclusiva, uma textura trançada conhecida como Guilloche, usada na fabricação de jóias e relógios finos.

Ainda não há especificação para a parte mecânica do Rolls-Royce Boat Tail, mas é muito provável que o excelente motor usado nos modelos Cullinan e Phanton seja o escolhido. É um motor V12 de 6,7 litros que produz 563 cavalos.

Rolls-Royce Boat Tail em detalhes

Siga-nos no Facebook e Instagram para ficar por dentro das novidades do mundo automotivo.

Deixe uma resposta