14RT-flex96C, o maior motor e Diesel no mundo saindo da linha de produção
14RT-flex96C, o maior motor a diesel no mundo saindo da linha de produção

O maior motor a diesel do mundo é um colosso de números superlativos e vamos conhecer agora os seus detalhes. A família de motores RT-flex96C é usada na indústria naval para mover os maiores navios de carga no mundo. O primeiro a ser colocado em operação foi instalado no Emma Maersk, um super navio de 397 metros de comprimento e 56 de largura que transporta cerca de 15.000 container de carga.

Os motores são modulares e permitem a montagem usando de seis a quatorze cilindros, sendo os únicos motores de sete, onze, treze e catorze cilindros em linha que se tem notícia.

O 14RT-flex96C é o maior deles, tanto em tamanho como em capacidade volumétrica, fabricado no Japão pela Diesel United e com tecnologia da empresa finlandesa Wärtsilä. Desde o seu lançamento em 2006, já são mais de 300 unidades produzidas. É um motor de 2 tempos com potência de quase 110.000cv, o equivalente a aproximadamente 1000 carros de passeio. Com rotação máxima de apenas 120 rpm, ele consome 14.000 litros de diesel por hora, chegando a 250 toneladas de diesel por dia para uma operação plena.

Abaixo o video da montagem do 14RT-flex96:

O maior motor a diesel do mundo tem 13,52 metros de altura (equivalente a um prédio de 4 andares) e 26,53 de comprimento, totalizando 2.300 toneladas de peso. Cada um dos 14 pistões pesa mais de 5 toneladas e desloca 1.820 litros de mistura ar-combustível entre 22 a 102 rpm. O torque é assombroso, ficando em 7.603.850 Nm, ou 775.376,91 kgfm a 102 rpm.

Comando de válvulas do 14RT-flex96C
Comando de válvulas do 14RT-flex96C

Para efeito de comparação, um Chevrolet Onix 1.0 conta com 9,8 kgfm de torque máximo. Além disso o Titanic tinha operava a 75 rpm e gerava “apenas” 30.000cv.

Essa força monstruosa também é aproveitada para gerar energia elétrica (entregue a motores auxiliares) para alimentar outros componentes do navio. O vapor gerado pela refrigeração das câmaras de combustão também é aproveitado, servindo para gerar mais energia elétrica.

Siga-nos no Facebook e Instagram para ficar por dentro das novidades do mundo automotivo.

Publicidade

Deixe uma resposta