HONGQI H9 - O presente para os medalhistas chineses
HONGQI H9 – O presente para os medalhistas chineses

O HONGQI H9, presente dos 52 medalhistas olímpicos chineses pelas 38 medalhas de ouro nas Olimpíadas de Tokio, foi um presente do governo chinês. Além disso, os 32 ganhadores da medalha de prata e os 18 da medalha de bronze também terão acesso ao carro, mas esses apenas como meio de transporte para se deslocar entre treinos e competições.A marca é pouco ou nada conhecida por aqui, mas tem grande importância no mercado chinês, visto que é de propriedade do governo. Fundada em 1958, hoje fornece os carros oficiais para o presidente e para os políticos. O nome significa “bandeira vemelha” no dialeto mandarime a montadora vendeu 170.600 unidades de janeiro e julho, o que significa um crecimento de 61% sobre o período anterior.

O HONGQI H9, o presente dos 52 medalhistas olímpicos chineses está disponível na China em cinco versões. O modelo recebido pelos atletas é o 2.0 Standard e a outra opção é a 3.0T Flagship. Há três opções de motorização: 2.0 turbo de 255 cv, 2.0 turbo de 265 cv e V6 3.0 de 272 cv, sempre aliados ao câmbio de dupla embreagem com 7 velocidades.

O design da dianteira é claramente inspirado nos modelos Rolls Royce, com a grande grade cromada e um conjunto óptico aflilado em Led Matrix. Na traseira a inspiração vêm dos luxuosos Maybach e a pintura é sempre em 2 tons, o famoso “saia e blusa”. O modelo tem 5,14 metros de comprimento, 1,90 metros de largura e 1,49 metros de altura e distância entre eixos de 3,06 metros, movidos por belas rodas de 20 polegadas.

Internamente, é clara a inspiração nos Mercedes-Benz com duas telas para a central multimídia e painel de instrumentos. Além de muito conforto interno e bom acabamento, o cliente podem escolher ter somente dois assentos na fila traseira, elevando o túnel central para integrar uma tela sensível ao toque que controla algumas funções.

Siga-nos também no Facebook para ficar por dentro das novidades do mundo automotivo.

Deixe uma resposta