O novo Renault Mégane E-Tech 2022 virou atração no Salão de Munique, Alemanha, pois sendo o nome mais forte da montadora e com vários tipos diferentes de carroceria ao longo da sua história, agora chega como um SUV elétrico de última geração. A expectativa é que o modelo seja o carro chefe da marca no processo de eletrificação.

Renault Mégane E-Tech
Renault Mégane E-Tech

O Renault Mégane E-Tech 2022 tem 4,21m de comprimento, 1,78m de largura e 1,50m de largura, com entre-eixos de  2,70m. Ele é montado usando a plataforma do tipo CMF-EV e seu porta-malas tem 440 litros.

Externamente, o modelo mescla elementos de SUV, hatchback e cupê. Na parte frontal, os faróis são estreitos em LEDs e descem até o para-choque, o para-choque com detalhes em cores que contrastam  com a carroceria e o logotipo está em destaque na grade. Completam o visual o teto flutuante, as maçanetas dianteiras escamoteáveis e as rodas de 18 ou 20 polegadas, dependendo da versão.

No interior, muita tecnologia, com a tela de 12,3 polegadas posicionada na frente do motorista mostrando a instrumentação, em conjunto de uma tela sensível ao toque de 12 polegadas para o sistema multimídia nos modelos topo de linha. O tamanho generoso da tela é “digno dos melhores carros premium”, de acordo com a montadora francesa, explicando que o grande display tem uma resolução nítida de 1250 x 1562, tornando a tela sensível ao toque cristalina. As versões de entrada do Megane E-Tech Electric usam uma tela menor de 9 polegadas com resolução mais baixa. O modelo roda o sistema operacional OpenR Link da Renault, desenvolvido com o Google e baseado no Android Auto.

Na parte mecânica do Renault Mégane E-Tech 2022, são duas opções de motores elétricos. Nos modelos de entrada é de 96 kW (130 cv) e 25,5 kgfm, e no topo de linha de 160 kW (218 cv) e 30,6 kgfm. Os 2 motores tem o mesmo desempenho ao  acelerar de 0 a 100 km/h em bons 7,4 segundos. A bateria pesa 395kg e utiliza a química NMC (níquel, manganês, cobalto) da LG, que contém mais níquel e menos cobalto para uma maior densidade de energia. São duas opç~es de automonia, sendo de 40 kWh para autonomia de 300 km e 60 kWh para autonomia de 470 km.

Tempos de recarga do Renault Mégane E-Tech

Ao usar corrente contínua, a potência máxima de carregamento é de 130 kW. VAje abaixo a relação automania/tempo de recarga com diferentes potênicas:

  • até 400 km em 8 horas com wallbox de 7,4 kW
  • até 50 km em 30 minutos em uma estação de carga pública de 22 kW
  • até 200 km em 20 minutos em uma estação de carga rápida de 130 kW
  • até 300 km em 30 minutos em uma estação de carga rápida de 130 kW

Deixe uma resposta