TOYOTA INVESTE 13 US$ 13 BILHÕES EM BATERIAS PARA ELÉTRICOS
TOYOTA INVESTE 13 US$ 13 BILHÕES EM BATERIAS PARA ELÉTRICOS

Montadora investe na substituição das baterias de íon-lítio pelas de estado sólido

O projeto onde a Toyota investe US$ 13 bilhões vai trazer uma nova geração de baterias e sistemas auxiliares de carregadores até 2030, com a intenção de ser líder do setor de veículos com emissão zero de poluentes. A montadora que já é a maior do mundo em volume de produção, anunciou na última 3ª feira, 7 de setembro, que pretende cortar 30% dos custos de baterias. Para isso, vai mudar toda a estrutura das células das baterias e também os materiais usados em sua construção

O diretor-executivo de Tecnologia da Toyota, Masahiko Maeda, anunciou que o Toyota bZ4X, um SUV elétrico a ser lançado até 2025, será o primeiro carro da montadora a apresentar redução de 30% no consumo de energia por quilômetro rodado, usando as novas baterias

A Toyota é pioneira na construção de carros híbridos com produção em larga escala, já que o Prius está no mercado desde 1997.  O projeto onde a Toyota investe US$ 13 bilhões pode mudar o cenário dos elétricos, pois as baterias de estado sólido carregam mais rápido, armazenam mais energia e tem menos chance de pegar fogo. Porém, elas são caras para serem produzidas e tem risco de rachar durantes os testes, em virtude da contração e expansão do material, o que deve fazer a montadora focar na solução desse problema antes de avançar.

A Volkswagen, segunda maior montadora no mundo anunciou a hipótese de gastar mais recursos para promover a transformação de toda sua frota para torná-la autônoma ou movida a energia elétrica. A montadora alemã previa US$ 178 bilhões em seu plano de transição até 2025 e reafirmou diversas vezes que poderia se mover para a próxima fase apenas queimando o próprio fluxo de caixa.

Deixe uma resposta