Carros

Novo Volvo C40 elétrico no Brasil em 2022

VOLVO C40 ELÉTRICO NO BRASIL EM 2022


VOLVO C40 ELÉTRICO NO BRASIL EM 2022

O elétrico Volvo C40 foi revelado em março, sendo o segundo produto 100% elétrico da marca, um SUV-cupê derivado do XC40, esse já vendido por aqui. A produção foi iniciada na planta de Ghent na Bélgica, pioneira no movimento de eletrificação total da Volvo.

Em comunicado, a montadora declara que está ampliando de forma exponencial a sua capacidade de produção de carros elétricos nas instalações de Ghent, chagando a 135.000 veículos por ano. A Volvo estima que metade da produção total da planta será de modelos 100% elétricos já em 2022

Javier Varela, vice-presidente sênior de operações industriais e qualidade da Volvo Cars: “O Volvo C40 Recharge é um carro que representa nosso futuro. Nossas operações de produção e uma estreita colaboração com nossos fornecedores são fundamentais para alcançar nossas ambições futuras em termos de eletrificação e neutralidade climática. Nossa fábrica de Ghent está pronta para um futuro totalmente elétrico e será uma parte importante de nossa rede industrial global para os próximos anos.”

Apesar de ser classificado como um SUV-cupê, o Volvo C40 tem as mesmas  dimensões compactas do irmão mais velho XC40 elétrico, mas aponta para uma proposta mais esportiva. Equipado com dois motores elétricos alimentados por uma bateria de íon-lítio de 78 kWh, tem autonomia de até 420 km, um pouco melhor do que o XC40, resultado de um desempenho aerodinâmico mais eficiente. A tração é integral e entrega 408 cv de potência e 67,3 kgfm de torque, com aceleração de 0 a 100 km/h em 4,9 segundos e velocidade máxima de 180 km/h. 

A recarga de bateria usando carregador de 11 kW é feita em 7 horas e meia, enquanto nas estações rápidas de até 150 kW, a cargo de 0 a 80% é feita em apenas 40 minutos.

A Volvo pretende continuar acelerando o lançamento de carros elétricos nos próximos anos, elevando a oferta zero emissões para modelos maiores e de maior alcance em vendas como o XC60, por exemplo. A marca sueca pretende que 50% de seu volume global de vendas consista em carros totalmente elétricos já até 2025, antes de se tornar totalmente elétrico até 2030.

Deixe uma resposta