Rolls-Royce Ghost Black Badge – Cor exclusiva e preço salgado

Rolls-Royce Ghost Black Badge
Rolls-Royce Ghost Black Badge

O Rolls-Royce Ghost Black Badge é uma versão que pretende atrair clientes de faixa etária mais jovem do que o público habitual de marca, dispostos a pagar a partir de US$ 393.500, cerca de R$ 2,2 milhões. A linha Black Badge foi apresentada em 2016 e já lançou a releitura para o cupê Wraith e o sedã Ghost. O modelo lançado agora já é a segunda geração Black Badge para o Ghost. A montadora de luxo declara que o modelo pretende ir além de um design comum, e apresenta nada mais, nada menos, do que 44 mil variações de pintura.

Acredita-se que grande parte das vendas será com a pintura especial preta. O tom desenvolvido é considerado o mais escuro disponível para pintura automotiva. Para chegar ao resultado, são usados incríveis 45 kg de tinta para cada Rolls-Royce Ghost Black Badge. O produto deve ser atomizado e aplicado à carroceria de forma eletrostática, para depois ser coberta com duas camadas de verniz e finalmente ser polida à mão.

Outro item que recebe tratamento especial e trabalhado manualmente é o Spirit of Ecstasy. O famoso adorno sobre o capô dos Rolls-Royce é revestido com um eletrólito especial de cromo e também polidos à mão para dar um acabamento cromado preto. A grade frontal e o interior também ganharam o mesmo acabamento.

Externamente, chamam a atenção as belas rodas de 21 polegadas, desenvolvidas com 44 camadas de fibra de carbono. As rodas traseiras também esterçam para facilitar as manobras. Na parte interna, luxo extremo, como de costume nos carros da marca. O teto tem um painel iluminado com 859 pontos de LED para simular uma noite de céu estrelado interior.

Mecanicamente, o Rolls-Royce Ghost Black Badge é quipado com motor 6.75 V12 biturbo de 600 cv, e acelera de 0 a 100 km/h em 4,5 segundos. Há a opção exclusiva chamada “Low”, que deve ser acionado por meio de um botão na alavanca de câmbio. Ela amplifica o som do escapamento e diminui os tempos de troca de marchas em até 50%.

Veja também: Carro elétrico – O lado ruim que ninguém conta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.