Mercedes-Benz EQS SUV é o novo elétrico de 7 lugares

O novo Mercedes-Benz EQS é a versão SUV para 7 ocupantes do sedã elétrico já conhecido, e o terceiro lançamento usando a Electric Vehicle Architecture (EVA), ou Arquitetura de Veículos Elétricos (EVA), entegando até 660km de autonomia.

Apesar de o novo Mercedes-Benz EQS ter a mesma distância entre-eixos do sedã, com 3,21 metros, o seu comprimento é dez centímetros menor, enquanto sua altura é 20 centímetros maior. A montadora ainda não divulgou o coefiente aerodinâmico e a área frontal.

Mercedes-Benz EQS SUV
Mercedes-Benz EQS SUV

Os motores do Mercedes-Benz EQS

Os motores elétricos são um pouco diferentes dos vistos na versão sedã mas todos são do tipo PSM, ou seja, motores síncronos de ímã permanente. Toda a gama de versões do EQS SUV usa bateria de 108 kWh com até 12 módulos e carregam até 200 kW com o sistema Plug & Charge.

Internamente, o destaque e todo do já conhecido Hyperscreen visto do sedã, um elemento de 141 centímetros de largura que integra o quadro de instrumentos de 12,3 polegadas, a tela sensível ao toque de 17,7 polegadas para o sistema de informação e entretenimento e outra tela de 12,3 polegadas exclusiva para o passageiro.

O EQS SUV incorporou atualizações remotas mais abrangentes, como por exemplo, o auxílio de manobra para reboques e a função de realidade aumentada para o sistema de navegação. O conforto a bordo é garantido com a suspensão a ar com amortecedores adaptativos e direção traseira com esterçamento de 4,5 graus e com o opcional de até 10 graus.

O EQS SUV começa a ser produzido na planta de Tuscaloosa no Alabama, a partir de junho. De lá já saem o GLE, GLE Coupé, GLS e Mercedes-Maybach GLS. As baterias vêm de uma nova fábrica próxima ao Condado de Bibb, mas apenas os kits são montados por lá, já que as complexas células provavelmente virão da CATL ou da Farasis.

Saiba mais: Carro elétrico – O lado ruim que ninguém conta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.